@fire alinha o seu traba­lho de uma forma base­ada em valo­res. Em vez de hierar­quias rígi­das, orga­ni­za­mos o nosso traba­lho para pros­se­guir e alcan­çar os nossos objec­ti­vos com base num enten­di­mento comum de valores.

Traba­lhar em conjunto em bene­fí­cio das vítimas
Na sequên­cia de catás­tro­fes, a ajuda inter­na­ci­o­nal é parti­cu­lar­mente eficaz quando as orga­ni­za­ções forne­ce­do­ras de ajuda coope­ram estrei­ta­mente e coor­de­nam as suas acções. É por isso que @fire já traba­lha de perto com outras orga­ni­za­ções no período que ante­cede o evento. Isto inclui o envol­vi­mento de @fire em redes como a Asso­ci­a­ção Mundial de Bombei­ros, bem como a INSARAG, a orga­ni­za­ção inter­na­ci­o­nal de unida­des de busca e salva­mento sob a égide das Nações Unidas.
Inde­pen­dên­cia política
A ajuda inter­na­ci­o­nal não deve ser um peão polí­tico. É por isso que agimos inde­pen­den­te­mente como ONG (Orga­ni­za­ção Não-Gover­na­men­tal). Além disso, @fire está orga­ni­zado para além das fron­tei­ras polí­ti­cas do país e do Estado.
Profis­si­o­na­lismo e máxima qualificação
A ajuda profis­si­o­nal e quali­fi­cada requer pessoal de emer­gên­cia bem trei­nado. Os nossos cola­bo­ra­do­res são em grande parte empre­ga­dos dos bombei­ros, dos servi­ços de salva­mento e do sector flores­tal que também estão envol­vi­dos na ajuda inter­na­ci­o­nal numa base volun­tá­ria. Para este fim, são ainda quali­fi­ca­dos e espe­ci­al­mente trei­na­dos para comba­ter os incên­dios flores­tais e procu­rar e resga­tar as víti­mas enter­ra­das após os terramotos.
A diver­si­dade como a chave do sucesso
Em @fire, os dife­ren­tes pontos de vista são expli­ci­ta­mente bem-vindos. Só em diálogo com dife­ren­tes opiniões e expe­ri­ên­cias pode­re­mos encon­trar solu­ções cria­ti­vas, desen­vol­ver o progresso e melho­rar conti­nu­a­mente as opções de ajuda. Embora os nossos ajudan­tes sejam em grande parte empre­ga­dos de bombei­ros, servi­ços de salva­mento, silvi­cul­tura e ajudan­tes de outras orga­ni­za­ções de ajuda, enco­ra­ja­mos expres­sa­mente os “muda­do­res de carreira”. Apenas os dife­ren­tes ante­ce­den­tes cultu­rais dos nossos membros nos permi­tem estar prepa­ra­dos de forma óptima para uma implan­ta­ção global.
Hierar­quias planas para a agili­dade necessária
As hierar­quias planas são neces­sá­rias para manter curtos os proces­sos de deci­são e para manter a agili­dade mesmo com cres­ci­mento cons­tante. Permi­tem-nos não só agir rápida e desbu­ro­cra­ti­ca­mente em caso de emer­gên­cia, mas também promo­ver o inter­câm­bio aberto entre todos os membros.
@fire é exac­ta­mente o que VOCÊ faz dela.
@fire vive como uma orga­ni­za­ção não dos líde­res, mas de cada membro indi­vi­dual. Cada membro tem a opor­tu­ni­dade de iniciar mudan­ças e imple­men­tar inova­ções. Mas isto também signi­fica que cada membro tem uma respon­sa­bi­li­dade para com a asso­ci­a­ção. Porque: @fire é apenas tão bom como os seus membros individuais.
Previ­ous
Next